Segunda-feira, 8 de Maio de 2006

Reportagem

Encontro de Tunas em Prol de Nuno Cabruja

 

6 de Maio de 2006

 

A tarde pusera-se bonita e soalheira e logo pelas 16 horas começava a chegar o público e a primeira Tuna, a ISCALINA ao CPCD na Póvoa de Santa Iria.

Momentos decorridos chegava mais público e a Tuna BU logo seguida do Grupo de Serenatas de Lisboa.

Entretanto uma jornalista do Semanário Vida Ribatejana, Paula Gadelha, que fazia questão de falar com o Nuno desesperava pela chegada do nosso Amigo que por razões absolutamente compreensiveis vinha atrasado.

Acabou por se ir embora a Paula pelas 16 e 45 sem ter tido oportunidade de falar com o Nuno Cabruja mas fornecendo os seus contacto para entrevistá-lo via Telefone.

Fica aqui este registo porque o interesse da Comunicação Social por este caso é crucial para ajudar o Nuno a atingir a sua Meta: A Cirurgia que lhe devolva a autonomia e que se Deus quiser com a ajuda de todos se irá Realizar!

Eis que chega a Damastuna e eram quase 17 horas quando o acordeonista Manuel José dava início às “hostilidades” Musicais.

Sala cheia, Manuel José a tocar e eis que chega o Nuno Cabruja. Rapaz sempre de lindo sorriso estampado no rosto apesar destes longos cinco anos de sofrimento. Sorriso de Fé em Deus e nos Homens deste País e da sua grande força interior.

Fiz questão de transportá-lo na sua cadeira de rodas ao interior da sala que ao vê-lo entrar desatou no primeiro grande aplauso da tarde.

Manuel José e o seu acordeão já aquecera o ambiente e era a vez da Primeira Tuna:

O Grupo de Serenatas de Lisboa da Faculdade de Motricidade Humana.

Poucos mas muito bons encheram logo todo o ambiente de excelente acústica com as suas trovas e baladas. Excelente.

A Sala vibrava!

Logo depois era a vez da DAMASTUNA – a Tuna Feminina da Universidade Autónoma – e a sua actuação foi pura e simplesmente comovente até às lágrimas perante a visão de Felicidade estampada no rosto do Nuno na primeira Fila.

Eu tive que me retirar por comoção para ver se um cigarro me estancava a “água” que de repente e teimosamente me aparecera nos olhos.

A sala continuava a vibrar em crescendo!

Logo de seguida tivemos a Benção de Deus no espectáculo com a actuação da Tuna BU – Grupo Bíblico Universitário – que com as suas canções nos veio lembrar que o Salvador, Jesus Cristo, está sempre Presente mesmo em situações difíceis como a que o Nuno Cabruja está a atravessar.

A Sala continuava a vibrar e reflectia nesta Nova Mensagem!

A Tusófona entretanto atrasava-se porque ainda estava a actuar num outro espectáculo em Lisboa.

Era a vez de entrar a ISCALINA – Tuna Mista do ISCAL, e foi brilhante a sua actuação que culminou com o Rui da ISCALINA a fazer de leiloeiro para dois quadros a óleo do pintor Tino http://lostwordsite.blogspot.com que fez questão de oferecer ao Nuno para que deles fizesse render algum dinheiro.

Altruísta e divertida esta actuação da ISCALINA como de todas as anteriores Tunas.

A Sala correspondeu à alegria do Rui e de toda a ISCALINA tendo-se vendido logo os dois quadros!

A hora já ia longa, a TUSÓFONA, não chegava e resolvemos fazer um intervalo para petiscarmos qualquer coisita noutra sala reservada para o efeito, até porque, compreensívelmente o Nuno já estava muito desconfortável devida a tantas horas na mesma posição e tinha que se retirar.

Já o Nuno ia a entrar para a viatura do irmão quando chegava a TUSÓFONA que logo ali, na rua, se reuniu em torno dele e tocou e cantou só para o nosso Nuno que entretanto fora envolto numa negra capa de estudante e ouvia as canções já esquecido do seu desconforto anterior.

A TUSÓFONA, não só foi a cereja sobre o bolo pela actuação na outra sala dos petiscos que se seguiu,  mas,  em gesto que é comum a todo o Universo Tunante e de que eles são bem exemplo,  entregaram uma quantia de dinheiro que angariaram lá no espectáculo de onde vinham. Fantásticos estes TUNOS!

O Nuno Finalmente partiu rumo a casa e entramos todos para a outra sala onde bebemos e comemos ao som de excelentes músicas e baladas da TUSÓFONA – Tuna da Universidade Lusófona.

Mais tarde tivemos conhecimento que demonstrou que estes Bravos Tunos levam mesmo a solidariedade muito a sério nos seus nobres Corações:

A Tusófona foi dali actuar à noite, em A-das-Lebres e lá fez questão de mencionar o Blog do Nuno http://nunocabruja.blog.pt a todos quantos estavam a ouvi-los apelando a que passassem a palavra e fizessem algo por ele, o pouco de cada um pode ser o que falta!

 

Já é usual aplicar uma palavra bem Portuguesa que demonstra o nosso emocionado reconhecimento e a nossa admiração por este Espírito que emana de todas as Tunas sem excepção, mas que,  às que estiveram presentes neste encontro, faço questão de emoldurá-la com mais duas ou três bem sentidas cá dentro.

Por tudo que fizeram pelo Nuno:

MUITO OBRIGADO DO FUNDO DO NOSSO CORAÇÃO.

sinto-me:
música: RJM
tags:
publicado por Paulo César às 16:29
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De oteudoceolhar a 10 de Maio de 2006 às 01:06
Estou a reviver cada momento...jamais esquecerei. E até tu poeta esse olhar brilhante :). Qaundo dei contigo a fumar (porcaria de vicio;) um cigarrito cá fora...Amei as palavras. Beijo n´oteudoceolhar *

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GUARDA-CHUVA MÁGICO

. TERRA SOALHEIRA - NOTÍCIA...

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. a tua mão

. NO TEU OMBRO

. ...deixar o dia escorrer....

. PARABÉNS DOUTORA

. MAIS UM ANJO QUE VELA POR...

. PORQUÊ?!!!!

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds