Quinta-feira, 13 de Abril de 2006

Saudades da Madeira

Saudades da Madeira

 

Já sinto saudades tuas Madeira

E de grandes Amigos do meu peito

Que agora descansa bem ao jeito

De ter passado  grande canseira

 

Canseira da distância do teu Mar

Tão azul rasgando infinitos

Com as gaivotas e os seus gritos

Sobre os navios parados a planar

 

Já sinto saudades dos teus sabores

Do teu cheiro e dos teus caminhos

Que te bordam em mil carinhos

 

Como lencinhos de muitas cores

Bordadas em quintais de lavores

Sob as plantas dos teus vinhos

 

Poema escrito a 13 de Abril de 2006

 

música: Deus Dá
tags:
publicado por Paulo César às 23:40
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Mb a 14 de Abril de 2006 às 13:55
Criticalhando - http://criticalhando.blogs.sapo.pt - a nossa crítica, brincando! BLOG RECOMENTADO ® Passa por lá e Crítica também.
De Juda a 14 de Abril de 2006 às 14:41
Olá Paulo... também tenho saudades dessa ilha, boa Pascoa e um abraço...
De Mestrinho a 18 de Abril de 2006 às 20:16
Boas, nunca lá estive na Madeira, mas por tudo o que já vi, o que já ouvir... Do teu poema realça essa curiosidade de uma ida em breve, Lindo poema.
Abraços e boa semana
De Fofinha a 20 de Abril de 2006 às 15:50
Olá Paulo faz muito tempo que não vinha por aqui, lindo poema dedicado á madeira, gostei de ver esta foto e a outra onde está a tua cara metade, espero que tenham passado uma páscoa boa. beijinhos
De eduardo santos a 20 de Abril de 2006 às 17:34
Olá caro amigo. Com esta coisa das migrações, lá temos que andar à procura...Ando em construção com um, vamos ver o que consigo. Por agora, mantenho o antigo. É visita de rotina, dei uma vista de olhos aos dois e à páina pessoal, assim que tiver um bocadinho, voltarei. Entretanto, parabéns pelo "Saudades Madeira", a quem sabe, não esquece. Até sempre.
De isa&luis a 20 de Abril de 2006 às 18:58
Olá menino, andei e lá te encontrei:)) Gostei deste teu sentir.

Belo poema, Adorei!

jinhos

Isa
De oteudoceolhar a 21 de Abril de 2006 às 08:20
Estava complicado de cá chegar poeta:(, mas cheguei ;). Saudades da Madeira ? Nem duvido por um segundo, a paisagems as suas gentes e os petiscos...já para não falar nos rebuçados de funcho hummm. É preciso é que tenham corrido bem as férias...e a nossa MIlú?? Beijinho grande n´oteudoceolhar bem vindoooo *
De bitu a 23 de Abril de 2006 às 23:28
Meu querido amigo, o teu coração é tão grande que consegues arranjar sempre um espaço para todos e para tudo. Te quero muito bem apesar de não teres aparecido cá em casa este fds como combinado....Uma boa semana para ti... tudo de bom e bjks ternas
De CVJ a 23 de Abril de 2006 às 23:43
Olá Paulo.
Há algum tempo que não passava por estas bandas. Mas continuo sempre a ler-te com interesse e a seguir o teu entusiasmo solidário.
Um abraço pascal

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GUARDA-CHUVA MÁGICO

. TERRA SOALHEIRA - NOTÍCIA...

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. a tua mão

. NO TEU OMBRO

. ...deixar o dia escorrer....

. PARABÉNS DOUTORA

. MAIS UM ANJO QUE VELA POR...

. PORQUÊ?!!!!

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds