Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006

Natal de Louvor

 

 

Natal de Louvor

 

Em Portugal, Natal é nostalgia

Por todos aqueles que partiram

E pelos que nunca o Natal viram

Embora seja convite à Alegria!

 

Se esquecermos o consumismo

E festejarmos a vinda do Salvador

Natal é Esperança e muito Amor

E marco inicial do Cristianismo

 

Vamos apostar neste vertente

E acreditar que veio o Senhor

Por isso faz-me um grande favor

 

Põe o teu ar mais alegre e contente

E abraçado ao teu mais querido ente

Faz deste Natal um Natal de Louvor!

 

22 de Novembro de 2006

publicado por Paulo César às 16:14
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sábado, 11 de Novembro de 2006

Aprendiz

Aprendiz

 

A Porta aberta à verdadeira Solução

És tu Templo de Deus e vizinho

De outro Templo e teu irmão

Que por ti tem o maior Carinho!

 

A Porta aberta à tua Felicidade

Não está em actos de contrição

Está em reconhecer a Bondade

Que Deus tem em seu Coração!

 

Entra por ela sem te arrependeres

(Aqui como o que eu com isto quis

Ao por este soneto desceres)

 

Encontrarás o Meio para ser Feliz

Pois já é tempo e hora de seres

Comigo também um aprendiz!

 

11 de Novembro de 2006

publicado por Paulo César às 20:38
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|

Bons e Maus

Bons e Maus

 

Entre tu e eu há uma diferença

Não que tu és bom e eu não sou

(eu por esse caminho é que não vou)

É tudo uma questão de mera Crença

 

Sabes, eu sei que como tu sou pecador

Mas reconheço um Deus Misericordioso

Acima de tudo infinitamente Bondoso

Que até ao pecarmos nos tem Amor!

 

Enquanto que tu no teu “conhecimento”

Te sentes sempre tão autosuficiente

Que por mais razões que te apresente

 

O teu único discurso e pensamento

Não reflecte nem por um momento

E não vês o Amor que tens pela frente!

 

11 de Novembro de 2006

publicado por Paulo César às 17:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Perderam os "maus" nos EUA

Ganharam os Democratas

 

Perderam os “maus” vem aí o Paraíso

O corte de cabelo à esposa de Clinton

E todas as intelectuais como ela pintam

Madeixas loiras de fazer perder o Juízo

 

Ganharam os “bons”, é o fim da Guerra

Tanta ingenuidade, santa ilusão

Nos Democratas há muito Falcão

Que o machado de guerra desenterra

 

Mais vale um rumo descamuflado

Do que lobos com pele de cordeiro

Mas eles ganharam e é porreiro

 

Sentires-te assim tão entusiasmado

Mas se te deres outra vez por enganado

Talvez ainda te reste tinta no teu tinteiro!

 

11 de Novembro de 2006

 

publicado por Paulo César às 13:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

With tears in my eyes I say thank you all

Vincent
Don Mclean

Starry starry night
paint your palette blue and grey
look out on a summer's day
with eyes that know the darkness in my soul.
Shadows on the hills
sketch the trees and the daffodils
catch the breeze and the winter chills
in colors on the snowy linen land.
And now I understand
what you tried to say to me
and how you suffered for your sanity
and how you tried to set them free.
They would not listen they did not know how
perhaps they'll listen now.
Starry starry night
flaming flowers that brightly blaze
swirling clouds in violet haze
reflect in Vincent's eyes of China blue.
Colors changing hue
morning fields of amber grain
weathered faces lined in pain
are smoothed beneath the artist's loving hand.
And now I understand
what you tried to say to me
and how you suffered for your sanity
and how you tried to set them free.
They would not listen they did not know how
perhaps they'll listen now.
For they could not love you
but still your love was true
and when no hope was left in sight on that
starry starry night.
You took your life as lovers often do,
But I could have told you Vincent
this world was never meant for one as beautiful as you.
Starry starry night
portraits hung in empty halls
frameless heads on nameless walls
with eyes that watch the world and can't forget.
Like the stranger that you've met
the ragged men in ragged clothes
the silver thorn of bloddy rose
lie crushed and broken on the virgin snow.
And now I think I know
what you tried to say to me
and how you suffered for your sanity
and how you tried to set them free.
They would not listen they're not listening still
perhaps they never will.
publicado por Paulo César às 10:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 6 de Novembro de 2006

Drogado

A Minha Doce Droga

 

Muitos snifam a cocaína maldita

Outros viajam em vapores de Liamba

Mas eu não tenho nada e caramba

Sou um drogado acredita!

 

Muitos têm na Heroína a sua Luz

Outros no álcool a sua Felicidade

Mas caramba eu e já com esta idade

E a Minha Droga é só Jesus!

 

Faz de mim um tonto pinga-amor

Sem o ópio adormecente

Faz de mim sempre contente

 

Por isso droguem-se por favor

Na Chama do seu divino Ardor

E sejam de uma vez por todas GENTE!!

 

6 de Novembro de 2006

publicado por Paulo César às 15:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Novembro de 2006

Companheira

Companheira

 

Meu Amor e minha Companheira

De todo um trajecto, um caminho

Caminho de uma vida Inteira

Que o tempo transforma em vinho

 

Vinho maduro e envelhecido

Com o aroma do tempo vivido

Um vinho tinto e apetecido

Que com o tempo tem aprendido

 

Aprendido a ganhar o travo

À  raíz da terra e da vinha

Nele me banho e me lavo

 

De quanto futuro incerto tinha

Nele me encontro e me salvo

Amor, ternura e vida minha!

 

1 de Novembro de 2006

publicado por Paulo César às 17:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GUARDA-CHUVA MÁGICO

. TERRA SOALHEIRA - NOTÍCIA...

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. a tua mão

. NO TEU OMBRO

. ...deixar o dia escorrer....

. PARABÉNS DOUTORA

. MAIS UM ANJO QUE VELA POR...

. PORQUÊ?!!!!

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds